Setembro Amarelo

03/09/2020

Setembro é o mês mundial de prevenção ao suicídio, campanha mais conhecida como setembro amarelo.

A cor foi escolhida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como símbolo do programa que incentiva aqueles que têm pensamentos suicidas a buscar ajuda. Cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos, de acordo com dados da OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde) e, segundo o Ministério de Saúde , mais de 96% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais, depressão, transtorno bipolar e/ou abuso de substâncias – números que colocam essa entre as três principais causas de morte de pessoas entre 15 e 29 anos no mundo.

A implantação do setembro amarelo tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do tratamento.

De acordo com a OMS, Organização Mundial da Saúde, mais da metade de todas as pessoas que cometem suicídio têm menos de 45 anos. Para diminuir essas estatísticas, o diálogo sobre o tema é fundamental. As pessoas com ideias suicidas precisam verbalizar o que estão sentindo. Existe um tabu de que falar sobre o tema pode de alguma forma estimular a pessoa a tirar a própria vida, mas o suicídio tem etapas: a ideia, o planejamento e, depois, a ação.

Então é benéfico que as pessoas tenham espaço para falar sobre o sofrimento, pode trazer alívio e conforto.

Lembrando que também é necessário procurar ajuda especializada para acolher e encaminhar o tratamento.

Aproveitamos para relembrar que estamos com o Plantão Psicológico com livre demanda de segunda a sexta-feira, das 13:00 às 16:00, no 3º andar, sala das Comissões.